Escolha uma Página

Hoje em dia, a Internet está presente em praticamente todos os aspectos da nossa vida, não é mesmo? Por isso, é bastante provável que você já tenha ouvido falar nessas três letrinhas tão importantes: SEO.

Mas, se você não sabe muito bem como funciona o mecanismo dos sites de buscas, esse pode ser um termo meio estranho. Não se preocupe, porque nós vamos explicar um pouquinho mais sobre essa ferramenta no post de hoje!

O que é SEO? 

Quando uma empresa investe em Marketing Digital, ela espera ser listada como um dos primeiros resultados nas ferramentas de busca. Afinal, 90% das pessoas só clicam nos resultados encontrados na primeira página do Google.

Estando em uma boa posição, você consegue mais cliques gratuitos e visitantes no seu site. Mas, afinal, como conseguir isso?

É aí que entra o SEO.

A palavra SEO significa Seach Engine Optimization, ou seja, otimização para mecanismos de busca. Já deu para entender um pouco, certo?

Então, o que o SEO faz?

 

O SEO realiza uma série de melhorias no seu site e no seu conteúdo, para que o seu site se torne um bom resultado para as ferramentas de busca.

Ou seja, o SEO é nada mais do que um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web. E, como bem sabemos, sites otimizados geram mais tráfego e alcançam bons rankings orgânicos nas buscas.

Para que o SEO serve?

Como já dissemos, o SEO otimiza páginas da internet para buscas orgânicas. Para isso, você pode escrever textos que possuam uma leitura fluida e agradável, ou até mesmo criar URLs personalizadas.

Colocando em termos simples, para que uma página publicada na internet possa aparecer em mecanismos de buscas – como o Google ou Yahoo – ela precisa ser “lida” antes. Quem “lê” essas páginas são “robôs”, também conhecidos como crawlers.

O SEO serve como uma ferramenta para apresentar os dados do seu site, como o assunto que ele trata, para esses crawlers. Dessa forma, o seu site passa a ser exibido nas pesquisas.

Quanto mais otimizado, ou seja, quanto melhor o SEO, mais chances do seu site aparecer no topo das pesquisas orgânicas.

Para garantir que as páginas mais relevantes estejam sempre nos primeiros resultados, os “robôs” fazem essa leitura constantemente. Dessa forma, melhores resultados para pesquisa da palavra-chave estão sempre no topo.

É bom ressaltar também que as regras do SEO estão sempre mudando, então é sempre bom ficar de olho para que seu site mantenha a relevância sempre!

Devo utilizar SEO ou Links Patrocinados?

Essa é uma grande pergunta, e não existe apenas uma resposta.

Por um lado, os links patrocinados são uma forma mais rápida e fácil de aparecer no topo dos resultados. Entretanto, também é uma estratégia muito mais cara do que o SEO.

Além disso, os links patrocinados possuem uma data de validade. Quando a sua campanha acaba, seu site desaparece da primeira página de buscas. Enquanto isso, o SEO possui um caráter mais permanente.

O SEO também parece de forma orgânica para os usuários, ou seja, não paga. Isso é muito importante, porque pesquisas mostram que os usuários das ferramentas de buscas preferem clicar em links não patrocinados, ou seja, que aparecem naturalmente em suas pesquisas.

Os links patrocinados, portanto, possuem uma maior chance de rejeição dos usuários, uma vez que podem aparecer em pesquisas que não interessam o usuário.

Já com os links otimizados com o SEO, o usuário tem mais chances de encontrar exatamente o que procura.

É possível que sejam gerados menos cliques do que com os links patrocinados, mas as conversões – que são realmente importantes para o seu site – aumentam.

Conclusão

Viu só como o SEO é algo relativamente simples, e que pode ajudar muito o seu negócio? Esperamos que tenha curtido e entendido um pouco mais sobre esse assunto tão relevante.

No nosso próximo post, iremos falar um pouco sobre dicas para implantar o SEO na sua empresa, então fique de olho!

Enquanto isso, você pode curtir o nosso Facebook e Instagram, e conferir o nosso canal do Youtube. E se ainda rolou dúvidas assista nosso vídeo abaixo:

 

Leia também os nossos posts anteriores para ficar por dentro do mundo do marketing digital:

 

Comentários

Comentários