O que é Inbound Marketing? Trata-se de é um conjunto de estratégias atraentes que fazer os clientes voluntariamente ao site da empresa.

Você se pergunta como?

Simples, eles encontram empresas através do conteúdo que ela proporciona, seja por sites de buscas, redes sociais e newsletters.

Isto nasceu em 2008/2009 com o livro Inbound Marketing do Brian Halligan. Mas, no Brasil, se tornou mais atuante em 2014, com algumas agências aderindo a esta estratégia no planejamento de trabalhos.

Vamos traduzir?

Inbound Marketing, na tradução direta, seria Marketing de entrada. Uma vez que isso não faz muito sentido na tradução literal, o termo mais correto seria Marketing de atração. Isso porque quem te procura pelo conteúdo que disponibiliza, e não pelas publicidades ou ações comerciais, é o cliente.

Vantagens do Inbound Marketing

Essa estratégia tem várias vantagens. Dentre elas, destaquei alguma delas abaixo:

Aumento da visibilidade de sua empresa ou produto

Uma vez que traz o cliente pelo o conteúdo, automaticamente aumenta sua visibilidade com o mercado. Conseqüentemente, você não precisa investir em publicidades.

Diminuir o custo de aquisição dos seus clientes

Como disse acima, por conta de trazer voluntariamente o cliente, diminui-se o investimento do CPC (custo-por-clique) ou da divulgação. Portanto, você terá apenas o custo do planejamento e do trabalho de criação de conteúdo.

Atrair os clientes que tem potencial

Como o cliente é atraído pela busca pelo seu conteúdo, naturalmente o mesmo é filtrado e com isso torna-se mais assertivo a aquisição do mesmo. Assim, evita aparecer para quem não tem interesse no seus produtos ou serviços.

Apresentar conteúdos que demonstrem todo o seu Know-how

Quando você assume essa estratégia, além de atrair o cliente você demonstra todo o seu conhecimento para ele e o mercado, aumentando o valor agregado da sua empresa.

Diferenças sobre Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo

A diferença com o Marketing de conteúdo é que o Inbound Marketing tem o foco mais estratégico na conversão de leads, cadastros e vendas. Dessa forma, o Marketing de Conteúdo é mais focado no posicionamento da marca.

Um exemplo de Inbound Marketing são os vários e-books que estão disponíveis para baixar gratuitamente. Mas com o foco de lhe vender um curso, um serviço e até um produto.

Já no Marketing de Conteúdo o exemplo seria a Sadia (não sei se eles realmente fazem, mas ajuda a explicar), porque ela pode divulgar em seu site, blogs, influenciadores ou redes sociais:

  • Receitas;
  • Dicas;
  • Explicações técnicas dos produtos;
  • E várias informações estratégias da marca em geral.

Isso não seria apenas para um produto exclusivo, pois o intuito nesta ação seria você optar sempre pelo mix de produtos deles na hora de efetuar compras no supermercado.

Quer saber aproveitar e conhecer mais sobre Marketing Digital? Clique aqui e veja nossa matéria sobre esse tema.

Espero que tenha conseguido entender o que é Inbound Marketing, caso não, assista o vídeo abaixo e se gostar curta-o, e se inscreva no Canal do Consultor no YouTube ativando o sininho para ser notificado sobre novos vídeos.

Comentários

Comentários