Escolha uma Página

Montou uma loja online e ainda não sabe como atrair o público para turbinar suas vendas? Sem dúvidas, o marketing digital para e-commerce pode te ajudar.

Atualmente, a internet é parte importante na vida de quase todo mundo. Grande parte da população já tem acesso e vive conectada 24 horas por dia. Por causa disso, e por conta da pandemia de Covid-19, o ramo de vendas virtual cresceu absurdamente.

Agora, é natural que quando o consumidor pense em comprar, a primeira ação seja procurar o item na internet. Sem dúvidas, muitos aspectos de uma loja online é similar ao ponto de vendas físico. Entretanto, a concorrência de uma loja online é muito mais acirrada. Por isso, você precisa de um bom marketing digital para e-commerce se quiser sair à frente dos concorrentes.

Mas, afinal, como conseguir turbinar as vendas de uma loja virtual através do marketing digital?

Para responder essa pergunta, o Canal do Consultor separou algumas dicas essenciais para o crescimento do seu negócio.

Vantagens do marketing digital para e-commerce

marketing para e-commerce

Antes de pensar em estratégias para divulgar o seu negócio, é preciso entender tudo que o marketing digital pode proporcionar. Primeiramente vale lembrar que essa ferramenta é o conjunto de estratégias voltadas para promover uma marca através da internet.

Quando se trata de um e-commerce, as estratégias devem ser desenvolvidas especialmente para atrair e reter possíveis clientes. Isso pode ser feito por meio da produção de conteúdo ou através de anúncios, fora a presença nas redes sociais.

Sem dúvidas, criar uma presença online por meio das redes, é importante para se aproximar do público. Essa é uma vantagem que também permite melhorar a experiência do cliente, tão importante nos dias de hoje. Além disso, através do marketing digital sua empresa pode conquistar autoridade no ramo com que trabalha.

Isso porque ao produzir conteúdo relevante e publicar nas redes, sua loja é vista como uma fonte confiável de informação. Outro benefício, é que esse tipo de marketing ajuda a segmentar o público e reunir dados sobre os clientes. Com essas informações fica mais fácil fidelizar o consumidor e fazer com que ele volte a comprar com você.

Ademais, através dessa ferramenta é possível ter mais engajamento com o público. Fora que o marketing digital oferece um ótimo custo-benefício. Portanto, não hesite em investir nessas estratégias. Veja como:

Principais estratégias de marketing digital para e-commerce

Certamente, o marketing digital para e-commerce é diferente do marketing convencional para lojas físicas. Mas, mesmo assim, o objetivo de ambos é o mesmo: atrair o público e aumentar as vendas. Essas estratégias devem ser postas em prática com muita atenção e cuidado. Pois só assim é possível obter o resultado desejado.

Portanto, confira as principais ferramentas para quem está adentrando no mundo do marketing digital.

9

1) Google Ads

Existem duas formas de promover o seu e-commerce através do serviço de anúncios do Google, ou seja, o Google Ads. Vejamos cada um deles.

marketing para loja virtual

a) Rede de pesquisa

Essa ferramenta é a mais eficaz do Google Ads, portanto não hesite em investir nela. São aqueles links que aparecem quando alguém faz uma pesquisa no Google. Assim, quando possíveis clientes procurarem no Google por produtos que você vende, sua loja aparecerá entre os quatro primeiros resultados.

Desse modo, haverá uma chance enorme da pessoa comprar de você. Essa conversão pode ser ainda maior se o produto vendido oferecer algum diferencial. Promoções e cupons de desconto sempre atraem a atenção e podem ser uma boa. Esse é um investimento mais caro, mas que vale a pena, pois converte muito e traz grande retorno

b) Rede de display

A rede de display é outra ferramenta do Google Ads. São anúncios que aparecem em sites relacionados aos produtos que você vende. Por exemplo, quando uma pessoa procura por como se vestir de determinada maneira, ela entra em vários sites sobre moda. Nesses sites aparecem banners estratégicos que são impulsionados pelo Google.

Assim, com um anúncio do seu e-commerce nesses sites, a chance de você chamar a atenção do cliente é gigantesca. No caso de banners que anunciam uma promoção, a chance de engajamento é ainda maior. Fora que essa ferramenta é muito mais barata, se comparada com a outra, e também traz um bom retorno.

9

2) Marketing de busca

SEO para e-commerce

Mesmo que você não consiga investir na modalidade no Google Ads, ainda há solução. Isso porque o marketing de busca oferece outras formas de aparecer entre os primeiros resultados de uma busca pelo Google. É aí que entra o SEO. A palavra SEO significa Seach Engine Optimization, ou seja, otimização para mecanismos de busca.

O SEO realiza uma série de melhorias no seu site e no seu conteúdo. Assim, ele obtém um bom resultado para as ferramentas de busca. Ou seja, o SEO é nada mais do que um conjunto de técnicas de otimização para sites ou blogs. E, como bem sabemos, sites otimizados geram mais tráfego e alcançam bons rankings orgânicos nas buscas.

O SEO também parece de forma orgânica para os usuários, ou seja, não paga. Isso é muito importante, porque pesquisas mostram que os usuários das ferramentas de buscas preferem clicar em links não patrocinados. Ou seja, que aparecem naturalmente em suas pesquisas. Por isso, esse tipo de marketing de busca é muito importante para quem tem um e-commerce.

Quer saber mais sobre o SEO? Então confira o meu post: SEO (Introdução): O que é? Para que serve? Diferenças entre SEO e SEM.

9

3) Remarketing

remarketing

Outra boa ferramenta de marketing digital para e-commerce é o remarketing, também conhecido como retargeting. Ele consiste na estratégia de conquistar aquele usuário que entrou na sua loja virtual mas por algum motivo não comprou. Ou seja, é uma maneira de manter contato com pessoas que interagiram anteriormente com seu site ou aplicativo para celular.

Isso ajuda a fazer o visitante lembrar do produto pelo qual se interessou. Fora que aumenta significativamente as chances do usuário voltar e comprar o produto. Ele também permite que você posicione estrategicamente seus anúncios na frente desses públicos-alvo.

O remarketing pode ser feito através de anúncios no Google Ads ou em sites de parceiros. Desse modo, o conhecimento da sua marca também passa por um crescimento. Ele é muito vantajoso, pois tem alcance rápido e é uma publicidade focada.

9

4) Redes Sociais

marketing nas redes sociais

As redes sociais são ótimos veículos de divulgação, seja através do Facebook, Instagram, Twitter, Google+, LinkedIn, entre outras. Mas você sabe o porquê? É simples: porque todo mundo está lá.

Dentro dessas redes você pode encontrar clientes em potencial e criar uma comunicação com seus consumidores. Assim, você fortalece a relação e, consequentemente, o seu negócio. Esse fato é comprovado por pesquisas, portanto não hesite em adentrar ao mundo das redes sociais.

Essa interação é benéfica, pois pode ajudar você a saber o que seus clientes querem e, então, melhorar seu e-commerce. Além disso, com as redes sociais, fica fácil entender o comportamento do seu público. Uma vez que essa plataforma funciona como um conjunto de informações sobre os consumidores, isso ajuda a melhorar suas decisões.

Quer saber qual a melhor rede social para começar? Veja o meu post sobre esse assunto: Instagram ou Facebook – qual é a melhor rede social para divulgar?

9

5) Inbounding Marketing

inbound marketing para e-commerce

Inbound Marketing é um conjunto de estratégias atraentes que fazer os clientes voluntariamente ao site da empresa. Isso é feito do conteúdo que você proporciona na sua loja virtual. Em uma tradução literal, significa Marketing de entrada, mas o termo mais correto seria Marketing de atração.

Isso porque quem te procura pelo conteúdo que disponibiliza, e não pelas publicidades ou ações comerciais, é o cliente.

Essa estratégia tem várias vantagens como o aumento da visibilidade de sua empresa ou produto. Uma vez que traz o cliente pelo o conteúdo, automaticamente aumenta sua visibilidade com o mercado. Consequentemente, você não precisa investir em publicidades.

Além disso, ele também diminui o custo de aquisição dos seus clientes, já que ela entra voluntariamente no seu site. Portanto, você terá apenas o custo do planejamento e do trabalho de criação de conteúdo.

Fora que os usuários que atrai são sempre clientes em potencial. Por fim, ele também ajuda a criar uma imagem de autoridade para a marca, pois demonstra todo o seu Know-how.

Clique aqui para saber mais sobre essa estratégia.

9

6) Email Marketing

marketing digital para e-commerce

Ao contrário do que muitos pensam, o e-mail não morreu. Ele continua sendo uma estratégia eficiente de marketing digital para e-commerce. Pense, por exemplo, você não acessa seu e-mail pelo menos uma vez por semana? Da mesma forma você pode se perguntar, quem que está na internet e não possui e-mail?

Na grande maioria dos segmentos do e-commerce, o e-mail marketing ainda é uma das ferramentas mais eficazes. Sem dúvidas, quando usado de forma adequada ele converte e mantém o pós-venda.

Uma dica é usar um sistema de automação, com disparos resultantes de ações específicas em seu site. Assim, ele envia o e-mail certo para a pessoa certa e pode gerar um volume de vendas elevado. Fora que e também criar uma sinergia entre outras ferramentas de marketing digital para e-commerce.

Conclusão

Com esse passo a passo inicial de como aplicar o marketing digital para e-commerce você já deve conseguir bom resultados. Se lembre que essa ferramenta é muito importante para se manter relevante no mercado. E não esqueça que mesmo sem grande capital para investir em ferramentas mais caras, como o Google, ainda há solução.

Espero que tenham gostados das dicas e que elas ajudem a sua loja virtual. Se ficou com alguma dúvida entre em contato comigo pelo Instagram, LinkedIn ou Facebook. Assista também aos meus vídeos no YouTube para uma explicação mais prática. E se inscreva no Canal do Consultor para receber as próximas novidades que eu preparei.

Assista ao vídeo: