Quantas vezes você já se deparou com botões de “saiba mais” por aí ou “compre agora”, ou “preencha o formulário que entramos em contato”? Inúmeras são as maneiras as quais podemos utilizar uma CTA ou Call to Action, onde chamamos o usuário para uma ação.

Neste artigo, iremos falar o que são estes botões, suas vantagens e a conversão/obtenção de leads.

O que é uma CTA?

Sendo um acrônimo para Call to Action, seu significado é “chamada à uma ação”. Ou seja, são links ou funções de uma página que fazem os usuários realizarem ações. E é muito utilizada em sites, lojas virtuais, e-mails, anúncios e blogs.

Os tipos de CTAs irão variar de página para página. E podem ser links de navegação, compras e formulários de inscrição. Sendo classificados do seguinte modo:

=

Foco primário

É a CTA que tem como foco uma ação inicial ou principal. Por exemplo, suponhamos que iremos comprar um celular em um e-commerce. A funcionalidade da página do produto é vender o modelo que escolhi. Desta forma, um exemplo de CTA primária, é o botão de comprar ou adicionar ao carrinho.
Do mesmo modo ao qual encontramos botões de “saiba mais” em e-mails e postagens patrocinadas em redes sociais.

A

Foco secundário

É quando existem outras opções de CTAs além da com foco primário. Seguindo o mesmo exemplo da compra de celular. Podemos chamar de CTAs com foco secundário as opções que aparecem na página do produto que estamos por comprar, como “Produtos Relacionados” e “Quem viu este produto, viu também” e entre outras chamadas. São CTAs estratégicas para que o cliente não perca tempo navegando para achar outros produtos similares e compre também acessórios.

Call to Action: como aplicar

Sabendo o que é uma CTA, fica-se a dúvida na cabeça: “Como montar uma CTA?”. Para isso, basta apenas se atentar aos seguintes itens:

R

O que buscam os usuários?

Deve-se considerar o tipo de visitantes da página. Como chegaram lá? O que buscam?
Dessa forma, você consegue identificar qual será o próximo passo lógico dos usuários. E, desta maneira, pode oferecer o que é desejado através da CTA certa.

R

CTAs tem de ter mensagens diferentes

De antemão, deixe de lado textos de âncora genéricos, como os “clique aqui” e “saiba mais”. Além de facilitar para o usuário, o uso de textos âncoras personalizados auxilia até mesmo no link building de seu site.

Em síntese, cada tipo de página deve ter seu próprio tipo de botão. Mas atenção, escreva textos curtos, autoexplicativos e precisos para seus botões. Inclusive, uma boa forma de montar esse tipo de link, é com botões gráficos personalizados.

R

Utilização de cor e fonte

Por incrível que pareça, a cor e a fonte a serem utilizadas também é muito importante. É imprescindível atentar-se na hora de escolher a cor de seus CTAs, pois para cada tipo existirá uma cor que melhor se adaptará a finalidade do mesmo. Ou então a fonte a ser utilizada, que precisa ser tão chamativa quanto a cor em uso.

Porém, durante a escolha da cor e fonte de seus botões, leve em consideração que, apesar do destaque necessário, eles não poderão atrapalhar o seu design original.

Em suma, montar CTAs atrativos e eficientes ajuda e muito na melhora da conversão de sites e blogs.

R

Testes A/B

Faça testes com chamadas diferentes, com novos formatos e posicionamentos no website, mudança de cores de fundo da CTA e dos botões. Desta maneira, você conseguirá perceber, através dos resultados, qual estratégia funcionou melhor.

Para isso, recomendo que teste gatilhos de conversão mais agressivos como: adquira já, cadastre-se e ganhe um brinde e outros.

As vantagens de uma CTA

A palavra de lei para call to action, é usabilidade, pois ela facilita a navegação do usuário, tornando-a mais clara e fácil. Bem como, podem te ajudar no processo de convencer seu usuário a fazer o que você deseja. Obviamente, se essa for a vontade do mesmo.

Do mesmo modo em que uma call to action pode ser utilizada em e-commerce. É também muito interessante para: blogs, sites informativos, enquetes, inscrições em feeds, indicar um aplicativo e votar em postagens. Que atire a primeira pedra influenciadores que nunca quiseram que seus leitores realizassem essas ações.

Porém, vale ressaltar que uma call to action deve ser clara, objetiva e ter uma forte relação com sua proposta. Ninguém gosta de clicar em um botão para realizar uma determinada ação e se deparar com algo completamente diferente daquilo que foi proposto.

PNL na CTA

Programação Neurolinguística (PNL), é uma ferramenta importante para gerar empatia e melhorar a conversão através das palavras certas no momento certo.

Ao utilizar as palavras certas em sua CTA, a compreensão do seu cliente quanto a oferta será maior. E, consequentemente, o poder de convencimento será mais assertivo.

Conversões com CTA

Dentre as principais metas ao se iniciar uma campanha de marketing digital está o SEO (fluxo orgânico) e o SEM (fluxo pago). Entretanto, devemos ter em mente que as conversões também são muito importantes. Afinal, de que adianta ter ótimos posicionamentos e número de visitas se as ações desejadas dentro do seu site não se realizam?

Consequentemente, conteúdos de qualidade e usabilidade são fatores essenciais para a conversão de um site. Mas, somente com CTAs que conseguirá obter bons resultados, pois elas “sugerem” o que os usuários estão procurando. E, com isso, a conversão acontece de forma natural.

Conclusão

Conclui-se que para um bom trabalho de Marketing Digital e Inbound Marketing (link). A Call to action é uma das coisas que você precisa saber para obter um ótimo resultado. Por isso, neste artigo, explicamos o que é uma call to action ou CTA e suas vantagens. Principalmente quando se trata de conversão dos usuários de seu site, transformando-os em leads.

Mas, e aí? Compreendeu o que é uma CTA e sua importância? Deixe nos comentários suas opiniões e dúvidas. E confira também o vídeo sobre CTA em nosso canal no Youtube e inscreva-se!

Comentários

Comentários